OPINIÃO | Jogos Mortais: Jigsaw é mais do mesmo!

OPINIÃO | Jogos Mortais: Jigsaw é mais do mesmo!

O universo do terror teve, em 2017, uma quantidade gigantesca de filmes que revisitam ou dão continuidade aos clássicos e franquias de renome – a exemplo de Resident Evil 6: O capítulo final; O chamado 3; Fragmentado; Alien: Covenant; Annabelle 2: A criação do mal; Amityville: O despertar; It: A Coisa; Leatherface; Olhos famintos 3; Além da morte; O culto de Chucky e, mais recentemente, Jogos Mortais: Jigsaw. O problema ao fazer novas versões de histórias já existentes é o que vai acontecer com o conjunto de filmes. A estreia da semana veio justamente para mexer com a mente e coração (e estômago) dos amantes da franquia Jogos Mortais.

A trama da nova produção da Twisted Pictures tem seu decorrer dez anos após a morte do lendário assassino John Kramer. Nesse momento, surgem corpos com os mesmos traços dos que morreram anteriormente nos jogos doentios da personagem vivida por Tobin Bell. Uma dúvida ecoa pela população: Jigsaw está vivo ou seria alguém tentando imitar seu sadismo? Os detetives Halloran e Keith Hunt (Callum Keith Rennie e Clé Bennett, respectivamente) contarão com a ajuda do médico-legista e ex soldado, Logan Nelson (Matt Passmore), e sua misteriosa assistente, Eleanor Bonneville (Hannah Emilly Anderson), para tentar resolver esse mistério e salvar as novas vítimas dos jogos.

OPINIÃO | Jogos Mortais: Jigsaw é mais do mesmo!A todos aqueles que anseiam pelo retorno de Kramer saibam que você pode ter 92 minutos de um terror gráfico bem trabalhado ou pode ter mais do mesmo no mundo de corpos e sangue de Jigsaw – assim como em Jogos Mortais V (2008), VI (2009) e O Final (2010) que cumprem apenas a função de entreter o espectador sem mostrar nada de diferente e criativo. As duas opções estão diretamente ligadas a posição escolhida pelo público que tornará ou não o lançamento da Twisted Pictures em algo bom.

Optando pela posição de parte da série de filmes, Jigsaw é um trem completamente descarrilhado. Seu enredo não é nada engenhoso, as reviravoltas são esperadas – tanto que o espectador consegue prever boa parte da trama ao assistir o trailer – e o mistério do filme é forçado. A direção e atuações razoáveis não são suficientes para que o roteiro se sustente. Afinal, a obra não é malfeita, o erro é a inserção e associação dela com o resto da franquia. O problema está na repetição de uma fórmula que já não vem funcionando bem há algum tempo.

Uma vez que o público opte, entretanto, por separar Jogos Mortais: Jigsaw dos seus antecessores, o novo trabalho dos irmãos Spierig poderá ser apreciado por sua precisão ao longo das cenas de perseguição, pelo clima de agonia criado durante os jogos, além de ser uma sessão de nostalgia e muito ‘gore’ para os que têm fascinação pelo subgênero.

A escolha é sua e, independente do que decidir, saiba que os jogos recomeçaram.

 

JOGOS MORTAIS: JIGSAW 

TRAILER

SINOPSE

Depois de uma série de assassinatos, todas as pistas estão sendo levadas a John Kramer (Tobin Bell), o assassino mais conhecido como Jigsaw. À medida que a investigação avança, os policiais se encontram perseguindo o fantasma de um homem morto há mais de uma década.

_

+ 13 FILMES DE TERROR NETFLIX QUE VÃO TE FAZER DORMIR COM LUZES ACESAS

Escrito por Felipe Aguiar

Estudante de jornalismo curioso e apaixonado por história. Cinéfilo de carteirinha que ama o universo da sétima arte e deseja sempre estar ainda mais imerso nesse mundo.