Por que você não deveria acordar cedo pra ir trabalhar

Você não deveria acordar cedo pra ir trabalhar

Você já parou pra pensar como é doentio o fato da gente acordar cedo pra trabalhar? A gente só acorda cedo pra isso. A gente podia fazer tanta coisa mais interessante. Acordar cedo pra andar. Pra tomar café. Acordar cedo pra tomar banho. Acordar cedo pra ler um livro, escrever, fazer suco de frutas ou panquecas.

A gente precisa parar de fazer do trabalho o grande sumo da nossa existência. A gente é o que a gente come, bebe, lê, escreve. A gente é quem a gente conhece, com quem a gente se afeiçoa, quem a gente encanta. A gente é o encantamento que a gente sente, a boca que a gente beija, a vida que a gente tem.

E a vida que a gente tem não cabe num dia que começa acordando cedo só para trabalhar.

Treine-se: a partir de hoje, vou acordar cedo pra outras coisas. Amanhã é segunda, vou acordar cedo pra terminar de ler um livro muito incrível de ensaios que comecei a ler no começo do ano. Depois disso, vou tomar meu café. E só aí eu vou trabalhar. Porque o trabalho é parte do dia, é onde a gente aplica o que a gente sabe, onde a gente conhece gente que pensa como a gente, se parece com a gente, estudou o que a gente também se apaixonou o suficiente pra investir horas diárias durante anos.

Trabalho é lindo: merecer o que se tem é ótimo. Mas a gente não pode viver em função disso.

Por isso, nessa nova semana, desafie-se: pelo menos um dia, não acorde cedo pra ir trabalhar.

Faça outras coisas e, depois, trabalhe. E faça outras coisas depois. Porque acordar cedo pra ir trabalhar é ruim, mas acabar o dia no fim do expediente é pior ainda.

Escrito por Gi Marques

A poesia da contradição escrevendo uma coletânea vitalícia de histórias que vivi e inventei.